• Daniel Dias

Como viajar com seu pet em segurança.


Durante a temporada de férias é muito comum que os tutores levem seus pets em suas viagens de carro. Mas você sabia que o Código Brasileiro de Trânsito institui infrações para quem não transporta animais de forma correta e segura?


Confira nossas dicas abaixo para levar seu pet em segurança e dentro da lei.


O Código de Trânsito Brasileiro - CTB - determina quais as situações que são consideradas infrações de trânsito referentes ao transporte de animais em veículos.

Não é incomum vermos no trânsito motoristas levando seu pet no colo ou solto pelo carro. Ao fazer isso os motoristas estão infringindo o artigo 252 do CTB que traz o seguinte texto legal:


“Art. 252. Dirigir o veículo:

II – transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas;

Infração – média;

Penalidade – multa”


Assim como as pessoas, seu animal de estimação precisa andar corretamente dentro do veículo para não causar acidentes e nem levar multas. Até mesmo levar o seu pet com cabeça para fora da janela é infração de trânsito.


Outra infração é transportar animais de grande porte na carroceria do veículo, Veja o que diz o artigo 235 do CTB:


“Art. 235. Conduzir pessoas, animais ou carga nas partes externas do veículo, salvo nos casos devidamente autorizados:

Infração – grave;

Penalidade – multa;

Medida administrativa – retenção do veículo para transbordo”


Transportar seu animalzinho de forma confortável e segura durante viagens ou passeios, além de impedir multas, traz segurança e bem estar para o seu pet. Para isso existem alguns acessórios que vão lhe auxiliar a levar seu bichinho de forma correta.


  • Caixinha de transporte - é a forma mais usual e segura. Permite levar seu pet na caixinha (que vai presa ao cinto de segurança do veículo).

  • Cinto de segurança peitoral - indicado para animais entre 5 kg e 50 kg. Desenvolvido especialmente para o seu pet, o acessório conecta a coleira ao cinto de segurança do veículo.

  • Cadeirinha - Esta é uma opção para os animais que não estão acostumados ou que não gostam de ficar presos na caixinha de transporte. Recomendada para animais de até 10kg a cadeirinha vai presa no banco do carro através do cinto de segurança e o animal vai preso dentro da cadeirinha pela coleira.

  • Grade de segurança/divisória - para animais de porte médio a grande, além do cinto de segurança você pode utilizar uma grade de proteção. Fixada entre o banco de trás e a parte da frente do veículo, impedindo assim que o seu pet tente passar para os bancos da frente e causar algum problema na sua condução.


Ao viajar não esqueça também de levar os documentos do seu pet - guia de trânsito e carteira de vacinação.


Saiba que mesmo adotando as medidas preventivas para a segurança e conforto do seu pet, nem todo animal fica tranquilo dentro do carro. Lembre-se também de regular a temperatura do veículo, no verão é muito comum o aquecimento elevado do interior dos veículos, fazendo com que seu pet fique inquieto durante a viagem.





.





18 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Como se preparar para a LGPD

Quando falamos em LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais – logo pensamos em privacidade e o cuidado adequado com o tratamento dos dados pessoais, ainda mais se considerarmos que utilizamos em

Rua Dr. Freire Alemão, 523/301-B - Mon't Serrat - Porto Alegre/RS - CEP 90.450-060

contato@diasepalma.com.br

  • Facebook
  • Instagram