• Isabel Palma

Orientações para o atendimento domiciliar

É crescente a demanda por atendimento domiciliar para animais de companhia. Este tipo de serviço pode ser benéfico tanto para o animal e seu tutor, como para o veterinário, que trabalha de forma autônoma, organizando sua própria agenda.


Tal atividade merece uma atenção especial por parte do médico veterinário, já que a consulta se dá em ambiente mais informal, e geralmente sem testemunhas para presenciar o atendimento.

Entretanto, não se assuste! Não há surpresa nos cuidados para o atendimento domiciliar por médico veterinário.


Basicamente, a consulta deverá seguir as diretrizes legais e éticas do atendimento em consultório ou ambulatório.


Apenas deve ser recordado que não são permitidos quaisquer atos cirúrgicos ou práticas invasivas que não inerentes ao exame clínico.


Também deve haver o cuidado de orientar o tutor que casos graves e urgentes devem ser preferencialmente atendidos em clínicas veterinárias, haja vista a necessidade de exames ou procedimentos que não são possíveis na residência.


É importante lembrar da vedação ética ao mercantilismo, não devendo o veterinário desviar para o atendimento domiciliar paciente que está tratando em clínica veterinária, por exemplo.


Por fim, jamais esquecer de manter atualizado o prontuário dos pacientes!

0 visualização

Rua Dr. Freire Alemão, 523/301-B - Mon't Serrat - Porto Alegre/RS - CEP 90.450-060

contato@diasepalma.com.br

  • Facebook
  • Instagram