• Isabel Palma

Participação dos veterinários no enfrentamento à Covid-19

O Sistema CFMV/CRMVs e a Associação Brasileira de Medicina Veterinária Intensiva (BVECCS) já estavam realizando o Cadastro Nacional de Equipamentos Veterinários para disponibilizar aos órgãos de saúde na ajuda no combate ao coronavírus, através do preenchimento do formulário no site ‘www.123formbuilder.com/form-5347973/form’.


Segundo informações da Folha de São Paulo, o cadastro já conta com 90 estabelecimentos e 200 equipamentos.


Na data de hoje, 02 de abril de 2020, foi publicada no Diário Oficial a Portaria 639/2020, do Ministério da Saúde, convocando os profissionais da saúde para realizarem cadastramento e capacitação para o combate à Covid-19.


Como profissionais da saúde, os médicos veterinários estão obrigados ao preenchimento do cadastro.


Sobre a atuação direta dos veterinários, não há especificação na Portaria quando ao tipo de assistência que será requisitada, entretanto, se tem notícia de Países onde os médicos veterinários estão auxiliando diretamente na assistência aos infectados.


Em Portugal, por exemplo, mais de 300 veterinários voluntários estão auxiliando no combate ao coronavírus, além da disponibilização de diversos equipamentos e laboratórios para testagem do vírus.


Em comunicado sobre a disponibilização da ajuda da classe médico-veterinária ao Ministério da Saúde, o Conselho Diretivo da Ordem dos Médicos Veterinários de Portugal informou que a atuação dos veterinários pode se dar naquilo que possam estar preparados, “nomeadamente, ajuda no tratamento e monitorização de doentes em hospitais, acompanhamento na segurança alimentar de todos os alimentos disponibilizados a hospitais e outros estabelecimentos do Estado, coordenação na desinfeção de transportes de medicamentos e alimentos integrando equipas de proteção civil, dispensa de produtos, medicamentos e equipamentos (ventiladores) que eventualmente possam estar disponíveis, etc..


O Presidente declarou ainda que a formação médica permite que o veterinário possa auxiliar na monitoração de doentes, ajuda na administração de medicamentos, entre outros.


Embora a classe esteja preparada para auxiliar na assistência aos infectados pelo Covid-19, é importante que seja mantida a garantia da segurança dos animais, das inspeções sanitárias e demais serviços competentes aos médicos veterinários.

21 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Rua Dr. Freire Alemão, 523/301-B - Mon't Serrat - Porto Alegre/RS - CEP 90.450-060

contato@diasepalma.com.br

  • Facebook
  • Instagram