• Daniel Dias

Tecnologia blockchain e as certificações para veterinários.

Atualizado: 9 de Dez de 2019

A IBM - uma das mais tradicionais empresas de tecnologia e informação - anunciou que trabalhará em conjunto com a VetBloom (empresa de formação e educação continuada para veterinários) para formarem um grupo visando a aplicação de blockchain no ramo veterinário. O projeto já está em testes nos Estados Unidos, devendo ser disponibilizado para o público geral até o final de 2020.


Mas afinal, o que é blockchain? Embora hoje se dissocie blockchain de bitcoin, a tecnologia bockchain surgiu conjuntamente com a criptomoeda em 2008, no artigo acadêmico publicado sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. O artigo de Satoshi tratou inicialmente sobre bitcoin e foi publicado em 2008 no auge da crise econômica mundial. Neste cenário o bitcoin nasceu para diminuir o gasto dos valores e aumentar a confiança das transações financeiras na internet.


Como sabemos, no ambiente digital, os dados podem tanto ser copiados, como alterados e até trocados. O blockchain então foi a solução para eliminar esse problema.


Bom em um breve conceito, blockchain é uma rede que funciona com blocos encadeados muito seguros que sempre carregam um conteúdo atrelado a uma impressão digital. O grande lance do blockchain é que o bloco seguinte vai conter a impressão do bloco anterior, mais os seus próprios dados e com essas duas informações gerar sua própria impressão digital e assim sucessivamente.


Para simplificar, blockchain pode ser considerado uma espécie de grande "livro contábil" que vai registrando vários tipos de transações e possui registros espalhados por diversos computadores, ou seja, podemos dizer que se você quiser apagar as páginas ou dados desse livro, terá uma grande tarefa pois os dados estão protegidos em diversos locais.


Para ilustrar e melhor entendermos o blockchain .



Certo, mas quais as vantagens do blockchain? Como essa tecnologia vai influenciar no dia a dia do veterinário?


A grande vantagem do blockchain é sua praticidade. Ele assegura a confiança, transparência e segurança de dados e informações em transações entre pessoas e entre empresas.


A IBM quer criar um ambiente de ensino para os veterinários que será baseado em competências, através da utilização das identificações digitais. Além da IBM, inicialmente a Associação de Faculdades de Medicina Veterinária Americana (AAVMC) o Conselho Internacional de Avaliação Veterinária (ICVA) e a Associação Americana de Hospitais Animais (AAHA).


Com a utilização da tecnologia blockchain as faculdades, empresas e veterinários poderão criar identificações invioláveis, visando facilitar a identificação de candidatos e seus trabalhos e pesquisas acadêmicas.


0 visualização

Rua Dr. Freire Alemão, 523/301-B - Mon't Serrat - Porto Alegre/RS - CEP 90.450-060

contato@diasepalma.com.br

  • Facebook
  • Instagram